logoviagem

logoviagem

quarta-feira, 6 de julho de 2011

De Managua Nicaragua a El Salvador ...

 Cartão de visitas de Honduras ...

Taxi na fronteira Honduras com El Salvador...

A situação dos dois no chão da Aduana em El Salvador.

Amanhã eu escrevo. Esse teclado aqui nao dá. Sem acento e nao sei onde esta a pontuação.
 Mas hoje pisamos tres paises. Muita enrolação.

Paises sujos, imundos e gente despreparada.
Os paises da America do Sul sao todos primeiro mundo se comparados com alguns aqui da ameria central.

Bom! Nos preparamos para sairmos cedo de Managua - A ideia sempre é a mesma, rodar o máximo possivel em um só dia, mas nem sempre o planejado acontece devido aos imprevistos de ultima hora.

Acordo fechado - Vamos sair as cinco da manhã. No troca troca de fuso horario eu me confundi e acertei meu despertador, no caso celular, uma hora antes da hora local correta. Deveria despertar as 5 da manhã, mas o celular despertou as 4 e ai o Manoel logo perebeu o erro e ficamos no debate se estava certo ou errado. Quando concluimos que realmente estava errada a hora, ai já eram cinco da matina, hora de sair.
A saida demorou devido a chuva que caia e as motos estavam ao relento, sem garagem coberta, uma torutura ter que arrumar a bagagem com chuva.

Nosso hotel em Managua parece que tinha um duende brincalhão que escodia as coisas. Primeiro sumiu a toalha do Juninho, depois a capa do Notebook e ainda o celular do Manoel. Pense numa agonia e o falatorio. Na vedade as coisas sempre estiveram dentro do quarto, mas a bagunça era tanta que ninguem se entendia. Eu so ria ....
As 7 da manhã já estavamos na estrada rumo a Honduras. Logo fizemos os tramites e Honduras já era nosso territorio.. Esse pais não tomamos nem conhecimento de tão rapido que foi a passagem, em poucos horas chegamos a fronteira com El Salvador. Esse sim, tivemos só "alegria" na entrada. A principio parecia que tudo ia dar super certo e rapido, mas aventura é aventura e a Lei do Edy Murphy(rs), eu não creio, mas que existe, ah! existe sim. kkkkkkk

Imigração rapida. Aduana nem tanto. A chegada nessas froteiras sempre é tumultada devido a quantidade de gente querendo dinheiro, pedindo para ajudar com a papelada, um verdadeido desafio a paciencia que sempre se esgota nesses momentos.

Manoel, nosso 007, mais conhecido como El Pata Negra, agente duplo e bastante incisivo, não demora muito para perder a paciencia. Um cidadão oferece ajuda e ele diz que não precisamoas, todos nos já rodamos mais de 15 paieses e sabemos exatamente o que fazer. Mas a insistencia não para. Eles nos cercam por todos os lados. Eu tenho uma brilhante ideia para mim e o Juninho, mas não para Manoel. Com muita risada e gargalhadas, digo aos ajudantes que MAnoel é nosso guia e chefe, tudo é com ele, já pagamos pelo serviço no Brasil. Todos se voltam para Manoel, entao começa um bate boca entre manoel e um dos pedidntes que diz que quem manda em Honduras são os hondurenhos. MAnoel ameaça chamar a policia e em poucos minutos fomos deixados em paz, mas não sem que Manoel escute que Brasileiros são bem vindos, agora Chilenos não. Morri de rir, Juninho nem se fala. Nossso chefe e guia - Manoel, El Pata Negra.

Tamite das motos - Para quem viaja sabe a rotina, mas vou explicar para quem não sabe. Sempre são duas situações. Primeiro voce faz a imigração, essa é rapida, depois vem a aduana, esse sim é demorada a beça. Muitas copias, seguro, valor a ser pago. Trazer as copias dos documentos ajuda mas não resolve porque eles pedem copias dos carimbos de entrada, carimbos dos paises por onde passamos e por ai vai.

Aduana de El Salvador fica em um predio sepadaro e lá nos fundos sei lá de que. Subimos um rampa e uma centena de caminhões aguardavam na fila aguardavam a papelada. Juninho o Boca santa solta a perola, vamos ser os ultimos. Assi como predito, fomos os ultimos mesmo. heheheheheheh
Xerox disso, daquilo e daquilo mais. Após umas 4 horas de espera, ai sim nos mandam a outro predio. Nesse local, a impressora, diz o funcionario está quebrada e nos manda a um escritorio ao lado para que eles preeencham os dcocumentos. Assim fizemos após pagarmos 15 doletas americanas.

Primeiro preenchimento errado. Voltamos sorrindo - Segundo preenchimento, errado. Terceiro, quarto, quinto, sexto, sempre alguma coisa não estava certa e tinhamos que voltar. El Pata Negra entra em ação e solta seus cachorrinhos para cima do funcionario da Aduana. A paciencia, artigo de luxo naquele momento desapareceu. Quando parecia que tudo já havia sdo concluido, mais uma. Numero do motor não consta em nossos documentos das motos e o cidadão queria o tal numero. Explica, explica, após umas 7 horas de suplicio fomos liberados. Tudo numa escuridao só.

Em busca de hotel no proximo vilarejo - Saimos quase felizes, mas nao estava completo nossso dia. Uma chuva se prepara e sem aviso cai. Não havia como dormir naquele local. Ai saimos estrada a fora, noite escura e terreno desconhecido.

Pequena cidade chamada Santa Rosa. Achamos um hotel e logo o atendente nos traz um adesivo mostrando que um brasileiro passou por ali. Certamente era o adesivo do nosso amigo Adriano. Poxa! que legal saber que ele havia estado ali. O rapaz meio mole, assim, quase uma menina é só elogio ao nosso amigo Adriano. Claro! Adrino é gente finissima e agrada a todos por onde passa.

E para comer? J´s tarde da noite saimos em busca de algo para comer, mas tudo fechado.Por sorte uma lanchonete anda se preparava para fechar e o dono resolve nos atender. Nos fartamos com tarta torta e alguma comida Mexicana, especialidadde da casa.

De volta ao hotel o atendente quase uma garotinha esperando onibus na escola, pede para que cancelemos logo. Esse cancelar significa pagar adiantado. Uhuh!!! Okj! pagamos e cada um foi para o seu quarto. Neese dia so tinha apartamento individual, ja que as camas eram de casal e ninguem queria dormir com o Juninho assim sem nenhum um agrado.    heheheheheheheheh

Hora da saida - 6 da manhã. Acordei cedo as 5 e ja preparei a tralha. As seis eu ja estava buzinando a moto e acordando o povo do hotel. Saimos em busca de mais uma fronteira as ser abatida agora rumo a Guatemala onde estamos agora depois de um dia super corrido, mas tranquilo. Nas estrada paramos para comer muita fruta, algumas exoticas e desconhecidas para todos nós.

Nesse momento, o MaAnoel, El Pata Negra, dorme no chão do hotel, sao 5 da matina e eu escrevendo para atualizar as noticias. No proximo post, explico porque ele esta no chão.

4 comentários:

  1. Ola companheiro Waldez, descobri hoje seu blog e o li desde o começo. BAcana sua jornada e divertida de ler. Já o coloquei no meus favoritos. Veja Estou acompanhandomais 5 viagem: O Casal Beth e Klein (BMW) já estão em São Francisco USA; Renato e Edson estão em FAIRBANKS;
    Policarpo que está rodando no NOVO MEXICO O CAsal O Casal Walter e Ula que já estão voltando, se encontram no CANADÁ, Adriano (esse voce conhece, claro) que está perto de FAIRBANKS. O oS POst deles todos os dias no site e vejo pelo SPOT. AGora acompanho voces. Para começar, voces pretendem entrar nos USA por qual fronteira (todas as fronteiras dizem que demorraaannnnnn à beça). Por ora é só até mais.

    ResponderExcluir
  2. Trilheiro - Osmar6 de julho de 2011 18:17

    Grande Waldez.....

    está uma delícia acompanhar voces..... fico imaginando eu em uma viagem dessas..... putz meu amigo, que inveja gostosa..... Aproveitem bastante e continue relatando que estaremos acompanhando.....
    Continuem com Deus,

    grande abraço

    Trilheiro

    ResponderExcluir
  3. Waldez, vai acostumando aí com a BURROcracia das fronteiras até sair do México, pois depois até estranha de tão simples q é...Aduana??? O que é isso nos EUA e Canada??? tem não!!! kkkkk Dá a impessão que a gente tá entrando clandestino, tipo muquiado num painel de um carro de coyote mexicano, igual aquela novela América, lembra???

    Gostaram do meu namorado Salvadorenho??? kkkk...essa noite, dormi com o Policarpo nesse hotel, vejam bem que cada um em sue quarto!!!

    Abrax e se vcs apertarem o ritmo acho que nos encontramos no Canada!!!

    ResponderExcluir
  4. Ai tio to adorando o blog, me divirto aqui, só risos o tempo todo, e realmente não teria pique nenhum pra isso tudo, parabéns quando o sr. chegar te dou um prêmio hehehe :D

    ResponderExcluir